Comitiva da UAlg visitou Moçambique para estreitar relações

25/02/2019

Comitiva da UAlg visitou Moçambique para estreitar relações

​​​​​​​Uma comitiva da Universidade do Algarve (UAlg) visitou Moçambique, de 17 a 25 de fevereiro, com o objetivo de promover a investigação e o ensino de pós-graduação da UAlg naquele país.

A visita serviu ainda como ponto de partida para o lançamento do projeto BioFish, coordenado pelo Centro de Ciências do Mar (CCMAR) da UAlg, e financiado pela Aga Khan Development Network e pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Este projeto visa a melhoria da qualidade de vida das comunidades de pescadores situadas no Estuário de Bons Sinais, em Zambézia.

Durante o segundo dia desta visita ficou acordado, em Maputo, com o reitor da Universidade Eduardo Mondlane, Orlando António Quilambo, a integração da Universidade Agostinho Neto no CEEMAR - Plataforma colaborativa de excelência para as ciências do mar, em Africa. Esta união virá a facilitar a colaboração entre a UAlg e as instituições africanas, quer ao nível da formação avançada, quer nos projetos de investigação conjuntos na área do mar.

No dia 19 de fevereiro, a comitiva reuniu-se com o delegado provincial do Instituto Nacional de Investigação das Pesqueiras da Zambézia, Daniel Oliveira Mualeque, visitando várias comunidades piscatórias.

Durante o dia 22, em Quelimane, teve início o projeto BioFish, que contou com a presença de Cardoso Henriques Meque (diretor provincial da Zambézia), Fialho Nehama (diretor da Escola de Ciências do Mar e Costeiras - ESCMC), Francisco Leitão (coordenador do projeto BioFish e investigador CCMAR-UAlg), Alexandra Teodósio (vice-reitora UAlg e investigadora do CCMAR), João Encarnação (doutorando UAlg-CCMAR), bem como de inúmeros docentes e estudantes da ESCMC e de chefes das comunidades piscatórias locais.

Esta visita realizou-se o âmbito do projeto “Algarve is Our Campus - Study and Research in Algarve”, cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Algarve - CRESC Algarve 2020, através do Sistema de Apoio a Ações Coletivas – Internacionalização. Este projeto tem como objetivo promover e reforçar a notoriedade e atratividade da Universidade do Algarve e da Região, através da implementação de ações que visam a internacionalização e o consequente aumento do número de estudantes, docentes e investigadores internacionais.

Share Partilhar