UAlg apresentou programa oficial das comemorações do 40º aniversário

30/01/2019

UAlg apresentou programa oficial das comemorações do 40º aniversário

A Universidade do Algarve apresentou, no dia 24 de janeiro, o programa oficial das comemorações do seu 40º aniversário. A cerimónia decorreu às 15h00, no Auditório Verde, Edifício 8, no Campus de Gambelas.

O programa foi apresentado por Saul Neves de Jesus, vice-reitor para a Educação e Cultura e coordenador da Comissão Executiva para a organização das comemorações dos 40 anos da Universidade do Algarve.

Sobre as comemorações dos 40 anos da Academia algarvia, o reitor Paulo Águas garante que “o que se pretende é deixar marcas para o futuro”. As várias iniciativas contemplam edições de livros e revistas; um elevado número de congressos seminários ou palestras; encontros; exposições e várias iniciativas culturais, incluindo musicais; iniciativas desportivas, prémios, entre muitas outras.

Sendo inúmeras as atividades, o reitor destacou a apresentação oficial de um postal dos CTT, a criação do Prémio Manuel Gomes Guerreiro, e a atribuição de um novo Doutoramento Honoris Causa. Mas, Paulo Águas salientou ainda o facto de “a UAlg ter sido a única Universidade do País a ser criada por lei da Assembleia da República, já que todas as outras foram criadas pelo Governo, através de decreto-lei”. Por isso, sem definir ainda o âmbito da colaboração, o reitor diz que “estão a ser pensadas atividades conjuntas com a Assembleia da República”. Respondendo ao desafio de caracterizar a Instituição no aniversário dos seus 40 anos, Paulo Águas não hesita: “vibrante”!

Também Rogério Bacalhau, presidente da Câmara Municipal de Faro, presente na cerimónia, diz não fazer ideia de como seria o Algarve, sem a Universidade, mas, refere “certamente não teríamos o índice de desenvolvimento que temos hoje”. O edil farense refere ainda: “temos aqui um grande polo de investigação e uma fábrica de quadros que são importantíssimos para o desenvolvimento de todo o Algarve”.

“O Algarve hoje seria impensável sem o papel que a UAlg desempenhou”, afirmou Vitor Aleixo, presidente da Câmara Municipal de Loulé. Também presente na cerimónia, Vitor Aleixo lembrou que “existem três ou quatro acontecimentos importantes, que fizeram com que o Algarve deixasse de ser uma região periférica, e a Universidade faz parte desses investimentos que mudaram a face do Algarve. O autarca está convicto de que, depois deste período de afirmação e consolidação, a UAlg irá continuar a contribuir para esta mudança. “Estou convencido de que o melhor está ainda para vir”!

A programação dos 40 anos da Universidade do Algarve pode ser consultada aqui

Share Partilhar