UAlg integra Rede Algarvia de Investigação Colaborativa sobre o Envelhecimento

UAlg integra Rede Algarvia de Investigação Colaborativa sobre o Envelhecimento

No dia 28 de outubro, celebra-se o Dia Mundial da Terceira Idade. Com o objetivo de assinalar esta data, foi assinado, na sala de atos na Faculdade de Economia, o memorando de entendimento que cria a Rede Algarvia de Investigação Colaborativa sobre o Envelhecimento (RAICE).

As entidades fundadoras desta rede são a Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, o Município de Faro, através do Gabinete de Apoio ao Idoso, o Centro Hospitalar Universitário do Algarve, a Universidade do Algarve para a Terceira Idade e a Sociedade Recreativa Bordeirense.

Trata-se de uma rede inovadora na região do algarve, que tem como objetivo desenvolver projetos colaborativos de investigação científica e tecnológica, de natureza multidisciplinar, sobre diversas temáticas relacionadas com o envelhecimento.

Os fundadores desta rede estão empenhados em dinamizar investigação científica que contribua para o desenvolvimento de políticas públicas e de práticas profissionais que promovam, efetivamente, sociedades amigas de todas as idades e a qualidade de vida de todos, em particular das pessoas mais velhas.

Refira-se que uma das preocupações centrais desta rede é dar voz às pessoas mais velhas, indo ao encontro do desafio lançado recentemente por António Guterres (Secretário Geral das Nações Unidas) de “ouvir as vozes das pessoas mais velhas, sugestões e ideias para se contruírem sociedades mais inclusivas e amigas de todas as idades”.

Share Partilhar