Universidade do Algarve integra projeto para aproximar o Mediterrâneo do Património da Humanidade

24/04/2020

Universidade do Algarve integra projeto para aproximar o Mediterrâneo do Património da Humanidade

​​​​​​​A Universidade do Algarve integra uma candidatura na área da inovação e transferência de conhecimento, intitulada “iHERITAGE ICT Mediterranean platform for UNESCO cultural heritage”. O objetivo da candidatura insere-se no desenvolvimento de tecnologias de realidade aumentada, realidade virtual e aplicações móveis que possibilitem a melhoria da experiência de visita ao patrimonial cultural reconhecido pela UNESCO.

Liderada pelo parceiro italiano Regione Siciliana - Assessorato del Turismo, dello Sport e dello Spettacolo, no caso do Algarve, as ações serão desenvolvidas através da UAlg e terão como elemento patrimonial a Dieta Mediterrânica.

Esta candidatura pretende, assim, melhorar e divulgar as novas tecnologias nas visitas culturais em áreas do Mediterrâneo, tendo por base os lugares Património da Humanidade. Procura-se, assim, melhorar a experiência de visita aos lugares culturais, quer para os visitantes em geral, quer para investigadores e cientistas, com base em tecnologia imersiva e de realidade aumentada, numa proposta que une em torno do património países como Itália, Jordânia, Líbano, Egito, Espanha e Portugal.

O i-Heritage é uma candidatura ao programa ENI CBC MEDITERRANEAN SEA BASIN PROGRAMME 2014-2020 para propostas estratégicas na área da inovação e transferência de conhecimento, no eixo prioritário: A.2.1. Support technological transfer and commercialisation of research results. Espera-se que os resultados venham a gerar efeitos na dimensão das novas tecnologias e inovação como a criação de patentes, pela criação de itinerários e conteúdos virtuais.

O valor total do financiamento europeu aprovado para o projeto é de €3.486.858,35. Concorreram a esta chamada 198 projetos, mas apenas 22 vão ter financiamento europeu. A Universidade do Algarve é assim parceira de um dos dois projetos aprovados que envolvem Portugal.

A equipa da UAlg integra investigadores de três centros de investigação. Liderada por Alexandra Rodrigues Gonçalves, docente da Escola Superior de Gestão Hotelaria e Turismo (ESGHT) e investigadora do Centro de Investigação em Turismo, Sustentabilidade e Bem-Estar (CinTurs), conta ainda com Mauro Figueiredo, docente do Instituto Superior de Engenharia (ISE) e investigador do Centro de Investigação Marinha e Ambiental (CIMA), Mirian Tavares, docente da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS) e investigadora do Centro de Investigação em Artes e Comunicação (CIAC) e Bruno Silva, docente da Escola Superior de Educação e Comunicação (ESEC) e também investigador do CIAC. A Região de Turismo do Algarve é um parceiro associado.

Mais informações aqui

Share Partilhar